Elis – O Filme

“Elis – O Filme” é o longa ideal para curtir algumas canções mas peca quando se trata da vida real da cantora

A maioria de nós que gosta um pouco de música brasileira conhece a voz e a história de Elis Regina. E com certeza, até quem não gosta de MPB conhece pelo menos uma canção da pimentinha.
Cantora desde a infância, Elis Regina Carvalho Costa (Andreia Horta) entra na vida adulta deixando o Rio Grande do Sul para espalhar seu talento pelo Brasil a partir do Rio de Janeiro. Em rápida ascensão, ela logo conquista uma legião de fãs, entre eles o famoso compositor e produtor Ronaldo Bôscoli (Gustavo Machado), com quem acaba se casando. Estrela de TV, polêmica, intensa e briguenta, a “Pimentinha” não tarda a ser reconhecida como a maior voz do Brasil, em carreira marcada por altos e baixos.

elis3

Com uma vida de coragem desde o momento que decidiu ser cantora e colocou a “cara a tapa” e insistiu até ser escutada. Com muita força de vontade para brigar por seu lugar sabendo de todo seu potencial (se comparando a grandes cantoras da época) ela lutou para chegar onde chegou quebrando algumas regras e impondo suas vontades.

Elis – O Filme, optou por não contar com muita precisão o lado “pimentinha” da cantora. Passando por várias épocas da vida dela, o filme deixa a desejar quando esconde o lado mais forte de Elis. A produção peca na falta de datas, para ser preciso com relação à história real que acaba mostrando pouco da história musical e de vida real da cantora.

elis1

Sempre sorridente, até quando cantava sem fazer esforço para ser tão afinada e perfeita dentro da música que se propunha a cantar, Elis lançou muitos compositores e fez crescer a MPB.

Andrea Horta conseguiu em muitos momentos estar muito próxima da imagem da protagonista, falar e cantar sorrindo eram marcas registradas que foram muito bem representadas, a timidez de quem não sabia dançar mas sabia o quanto era boa cantando são transmitidos com perfeição pela atriz.

elis_julio

Preciso falar de mais dois atores. Ícaro Silva no papel do sempre divertido Jair Rodrigues, está muito próximo do real com sua expressão corporal de quem realmente se diverte e é feliz. E também Julio Andrade no papel do multi artista Lennie Dale. Andrade está presente em 3 filmes com lançamento recente e faz 4 papéis completamente diferentes, com muito fervor e realidade. Meu salve nesse filme vai para ele!!!

elis

Elis – O Filme, deixa a desejar quando conta uma história mais romantizada, menos política e sem foco em um assunto. Mas ganha pontos quando apresenta uma Elis cantando e fazendo o publico cantar junto. Então faz um aquecimento vocal e corre pro cinema pra rever (pra quem lembra dela) ou conhecer um pouco mais de Elis Regina.

Fonte: Por Karen Barbosa | QpQ Resenha

 

Kátya Elpydio5584 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

0 comentários

Deixe um comentário

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password