RACCORD, VIRALATA E PÓLO FILMES LANÇAM ‘MADALENA’

Longa-metragem acaba de ser selecionado para a 36ª edição da mostra Film In Progress, na Espanha

O longa-metragem MADALENA foi selecionado para a 36ª edição da mostra Film In Progress (https://www.sansebastianfestival.com/2019/noticias/1/8082/es), do San Sebastian Internacional Film Festival, na Espanha. A mostra selecionou seis filmes, dentre 185 longas, ainda em pós-produção para serem exibidos em competição para finalização no país.

MADALENA é o longa-metragem de estreia do diretor mato-grossense Madiano Marcheti. O filme foi produzido por Clélia Bessa, Joel Pizzini e Sérgio Pedrosa, das empresas RACCORD PRODUÇÕES, PÓLO FILMES e VIRALATA, respectivamente e contou com uma equipe formada majoritariamente por jovens realizadores que estão estabelecendo sua carreira no mercado audiovisual.

O filme contou com o investimento do Fundo Setorial do Audiovisual, que garantiu sua produção. Esta ocorreu em novembro de 2018, no Mato Grosso do Sul, mais especificamente na cidade de Dourados. O projeto teve grande importância para o incentivo à cadeia produtiva local, gerando oportunidade de empregos e renda. Mais especificamente, MADALENA foi responsável pelo investimento de, em média, R$ 500.000,00 direta e indiretamente em diferentes setores, passando por transporte, hospedagens, alimentação e mão de obra.

Outro ponto importante é a presença de atores do Mato Grosso do Sul no projeto, que procurou talentos locais e estimulou a oportunidade e diversidade na cultura sul-mato-grossense. O filme conta com um elenco de 30 atores e atrizes, sendo 26 de Mato Grosso do Sul.

O diretor do filme, Madiano Marcheti, nasceu em 1988, em Mato Grosso, onde também cresceu. Formou-se em cinema pela PUC-Rio em 2014 e, desde então, escreveu e dirigiu curtas-metragens. Em 2013, dirigiu ‘Vácuo’ e ‘Travessias’, exibido no Festival Internacional Kinoforum de São Paulo. Em 2014, realizou ‘O Lugar Mais Frio do Rio’, com o qual foi premiado no VII Festival Janela Internacional de Cinema de Recife e integrou a seleção do festival Cinélatino, 27èmes Rencontres de Toulouse. Em 2016 dirigiu ‘Essa barra que é gostar de você’, filme de abertura do Festival Mimo de Cinema e Música. É produtor e roteirista do longa documentário ‘Imagens do Calabouço’, em fase de desenvolvimento. MADALENA é seu primeiro longa-metragem de ficção.

“Madalena, a personagem ausente que guia o filme, é uma travesti que foi assassinada em uma plantação de soja de uma cidade, inspirada no lugar onde cresci. Os personagens se mostram incapazes de agir diante de sua morte, com a exceção de Bianca, também ela, uma pessoa trans. O luto de Bianca se manifesta como resistência, se afirmando pela alegria como potência de vida. O filme tenta entender e superar o medo e transformá-lo em afeto.”, comenta o diretor.

A estreia está prevista para o segundo semestre de 2020.

 

Kátya Elpydio5624 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password