‘VENEZA’, DE MIGUEL FALABELLA, É DESTAQUE DA MOSTRA COMPETITIVA DO FESTIVAL DE GRAMADO

Longa brasileiro estrelado por Carmen Maura, Dira Paes e Eduardo Moscovis, rodado no Uruguai e na Itália, tem estreia prevista para novembro.

O longa ‘Veneza’, segunda incursão na direção de Miguel Falabella no cinema, 10 anos após ‘Polaróides Urbanas’, é um dos destaques da Mostra Competitiva do 47º Festival de Gramado, que acontece entre os dias 16 e 24 de agosto. O filme será exibido no dia 22, às 20h30, com reprise no dia 23, às 9h e, às 10h30, haverá um debate sobre o longa, com as presenças de parte do elenco – Dira Paes, Daniele Winits, Eduardo Moscovis, Caio Manhete, Pia Manfroni, Giovanni Venturini e Yuri Ribeiro , além da atriz colombiana Carolina Virgüez -, do produtor, Julio Uchôa, e de Miguel Falabella. Filmado no Uruguai e na Itália, tem como locações principais a Cidade Velha, na capital uruguaia, a Estância Taranco – uma das mais lindas propriedades do país, o bairro de Lezica, além de cenas emblemáticas filmadas em Veneza.

O filme conta a história de Gringa, uma cafetina que tem como sonho reencontrar o único homem que amou. Para realizar seu desejo, as prostitutas que trabalham em seu bordel se unem a uma trupe circense e idealizam um plano que atravessa a realidade para levá-la de encontro ao seu amado.

Veneza’ é, também, uma ode às mulheres latino-americanas, com um elenco estrelado pela atriz espanhola Carmen Maura – conhecida pelas atuações nos filmes do cineasta Pedro Almodóvar -, a talentosa argentina Georgina Barbarossa, a uruguaia Camila Vives e a colombiana Carolina Virgüez, além das brasileiras Dira Paes, Carol Castro e Danielle Winits. Completam o elenco Eduardo Moscovis e Caio Manhente.

 “’Veneza’ é o filme da minha maturidade. Ele mostra a angústia de uma mulher que, na velhice e na cegueira, percebe que foi cruel com o único homem que a amou. É um filme intenso e desejo que seja visto, também, fora do Brasil”, resume Falabella.

Com desenho de produção de Tulé Peak e fotografia de Gustavo Hadba, o projeto é uma adaptação da peça homônima do escritor argentino Jorge Accame. O filme, também escrito por Miguel e produzido por Julio Uchôa, da Ananã Produções, tem como coprodutores a Globo Filmes e FM Produções, além de distribuição da Imagem Filmes.

SINOPSE

Conhecer Veneza era o maior sonho de Gringa, uma velha cafetina cega, dona de um bordel numa cidade do interior do Brasil. Em meio às histórias peculiares e aos muitos causos do bordel, Rita, a provável herdeira do lugar de Gringa, decide realizar o sonho daquela que toma como uma mãe. Para isso, contará com a ajuda das suas colegas do bordel e de Tonho, um atraente fornecedor que recebe sexo como remuneração de seus serviços. Juntos, planejam, juntos,  uma forma de levar Gringa à romântica cidade italiana.

ELENCO:

GRINGA: Carmen Maura

RITA: Dira Paes                                                

TONHO: Eduardo Moscovis                                                    

MADALENA: Carol Castro

JULIO: Caio Manhente                                                 

GRINGA JOVEM: Camila Vives                                                 

JANETE: Maria Eduarda de Carvalho

JERUSA: Danielle Winits                                                              

MESTRE: André Mattos                                         

DORA: Carolina Virgüez                                                     

PAULINA: Pia Manfroni                      

MOCINHA: Laura Lobo                                                        

PAI DE JULIO: Roney Villela                                                  

GIÁCOMO: Magno Bandarz                                                

PALHAÇO VENTUINHA: Yuri Ribeiro                                                             

ANÃO PEQUERRUCHO: Giovanni Venturini                                                   

MADAME: Georgina Barbarossa

FICHA TÉCNICA:

Direção e roteiro: Miguel Falabella

Distribuição: Imagem Filmes

Produtor Executivo: Júlio Uchôa

Diretor Assistente: Hsu Chien

Produtores: Júlio Uchôa e Cris D’Amato

Produtores Associados: Daniel Filho e Fernando Muniz

Coprodutora executiva: Monica Siqueira

Direção de Produção: Irina Neves

Direção de Fotografia: Gustavo Hadba

Direção de Arte: Tulé Peak

Figurino: Bia Salgado

Maquiagem: Martin Macias

Som: Fabián Oliver

Musica Original: Josimar Carneiro

Produtora de elenco: Cibele Santa Cruz

ANANÃ PRODUÇÕES

Ananã Produções é uma produtora carioca, fundada em 1996 por Júlio Uchôa, que tem entre os principais filmes de seu catálogo os seguintes títulos: Sem Controle (2007); Show de Bola (2008), coprodução Alemanha-Brasil; Chico Xavier (2010), produção executiva; S.O.S. Mulheres ao Mar (2014); S.O.S. Mulheres ao Mar 2 (2015); Eu Fico Loko (2017) e Soundtrack (2017). A Ananã ainda participou das filmagens no Brasil para o longa metragem americano Capitão América: Guerra Civil (2016). Além dos filmes para cinema, a Ananã produziu diversos outros trabalhos como documentários, peças publicitárias, programas de TV e eventos.

GLOBO FILMES

Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 280 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, documentários, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, Tropa de Elite 2, Minha Mãe é uma Peça 2 – com mais de 9 milhões de espectadores -, Se Eu Fosse Você 2, 2 Filhos de Francisco, Aquarius, Que Horas Ela Volta?, O Palhaço, Getúlio, Carandiru e Cidade de Deus – com quatro indicações ao Oscar. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

FM PRODUÇÕES

Fundada em 2011 pelo Produtor Fernando Muniz, a FM vem participando de projetos audiovisuais brasileiros de excelência, bem como desenvolvendo parcerias internacionais. Desde o início de sua trajetória, marca presença nos principais eventos de mercado e, em 2016, ganhou destaque internacional ao conquistar o L’Oeil D’or, prêmio de melhor documentário no Festival de Cannes, com o filme Cinema Novo (Brasil, 2016), em coprodução com Aruac e Coqueirão filmes. Entre os filmes de que participou, constam ainda Soundtrack, em coprodução com Ananã Produções (Brasil, 2017); A Terra Vermelha (Brasil | Argentina | Bélgica, 2017), em coprodução com Entre Chien et Loup  e Trivial Media; Human Persons (Brasil | Panamá | Colômbia), lançamento em 2018), em coprodução com Garra Produciones e Grande Circo Místico, em coprodução com Luz Mágica (Brasil | Portugal | França, 2017). Atuou também como distribuidor na produção Meu Mundial (Brasil | Uruguai | Argentina, 2017), da La Gota Cine.

IMAGEM FILMES

A Imagem é uma distribuidora nacional de filmes independentes comprometida com a qualidade e variedade de produções. Atuando nos segmentos de cinema, vídeo e televisão a distribuidora é responsável pelos lançamentos de grandes produções nacionais, dentre elas, destacam-se os recentes: É Fada!, Nise – O Coração da Loucura, Vai que Dá Certo 2, além das produções internacionais: Florence – Quem é Essa Mulher, Café Society , Gênios do Crime e os recentes Silêncio e Círculo.

 

Kátya Elpydio5717 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password