O Bitcoin pode chegar a U$ 1 milhão? Especialista responde

Recentemente no mundo das criptomoedas, surgiu um rumor de que uma nova alta do mercado está próxima. Além de especulação, isso está sendo baseado em o quão longe o BTC pode chegar no futuro. Em um artigo publicado no Kana and Katana, uma plataforma de pesquisa dirigida por uma grande empresa de gerenciamento de capital, o CEO da Xapo e conselheiro do PayPal Wences Casares, disse que o Bitcoin poderá valer mais de U$ 1 milhão daqui sete ou dez anos.  Isso é mais de 20 vezes o que ele vale hoje (no momento o preço do Bitcoin é U$ 5.000). Seria isso possível?

O especialista em criptomoedas Maicon Santos revela, segundo sua análise de mercado, quais seriam as possibilidades possíveis para que isto se tornasse uma realidade: “Na minha opinião, as chances de 1 BTC um dia valer U$1 milhão são no mínimo de 50%. A internet ainda não possui uma moeda e ela está desesperadamente precisando de uma. O Bitcoin se enquadra perfeitamente como uma moeda digital segura e global. É só uma questão de tempo para o mundo perceber isso”.

E o que torna o Bitcoin um investimento tão atrativo? O especialista responde: “para começar, temos uma tecnologia que trabalha há 10 anos ‘sem interrupção’. Além disso, o BTC (Bitcoin) fez mais de 60 milhões de usuários até hoje e faz mais de 1 milhão de novos usuários por mês, e por isso possui boas chances de sucesso. Outra razão é que temos cerca de U$ 9 trilhões em ouro e U$ 66 trilhões em ações, sem contar o dinheiro investido em imóveis e outras formas de investimentos que o mercado nos oferece. Se tivermos apenas U$ 1 trilhão desses mercados migrados para o BTC, já seria o suficiente para ele valor mais de $100.000,00 o que na minha opinião será um alvo fácil para o Bitcoin alcançar em poucos anos”.

Segundo Maicon Santos, outros fatores que poderiam explicar a valorização do bitcoin advém da própria demanda e da lei da oferta e da procura: “Uma coisa interessante é que temos mais milionários no mundo do que Bitcoins. Isso significa que se cada milionário decidir comprar 1 BTC, não teriam Bitcoins suficientes para todos. Isso ocasionaria uma forte demanda e valorização do ativo”.

Em meio a tantas possibilidades de investimento no mundo ‘real’, o especialista aponta porque o Bitcoin ainda é uma opção viável mesmo sendo virtual: “eu penso que será uma decisão fácil para muitos gerentes de investimentos tomarem a decisão de alocar pelo menos 1% do valor de seu portfólio em BTC. E por que? É simples. Se você tem um portfólio de U$ 10 milhões e investe U$100.000 em Bitcoin, esse valor representa penas 1% do capital. Se o Bitcoin falhar, esse portfólio vai perder apenas 1% do seu valor. Entre 3 e 5 anos, esse é um percentual que a maioria dos portfólios podem amargar. Mas se o Bitcoin tem sucesso, em 7 a 10 anos esses U$100.000 podem valer mais de U$25.000.000. Isso é mais de duas vezes o tamanho do portfólio inteiro. O grande erro de alguém hoje, seria comprar uma quantidade de Bitcoin que não pode perder. Mas um erro ainda maior, seria não ter nenhum Bitcoin”.

Por: Hebert Neri |Fotos de:  Reprodução/ Pixabay/ MF Press Global 
 

Kátya Elpydio5515 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password