Biruta Filmes completa 10 anos com nova composição societária e formato

Promovendo profundas mudanças internas depois de repensar todos os processos da atividade de produção audiovisual publicitária, a Biruta Filmes completa uma década de atuação no mercado. A meta é projetar suas operações para um modelo que deverá dominar o setor daqui a no máximo cinco anos.

Fernanda Carpinelli e Fred Farah adquiriram a participação de um terceiro sócio, que deixou a parceria, e agregaram ao comando da empresa a experiente profissional Nilvia Centeno, dona de um olhar abrangente do setor, por sua atuação para agências, anunciantes e produtoras. Esse triunvirato passa a se envolver em todos os processos de produção de cada job executado pela Biruta, para que a qualidade da entrega seja garantida.

O fortalecimento operacional e criativo da Biruta começou a ganhar forma depois de um intenso trabalho de consultoria interna, que fez a produtora ajustar suas rotas e traçar um novo caminho para o futuro. Ela adota um formato enxuto de casa de produção que trabalha de forma artesanal, ágil e inteligente. “A estrutura de produção é igual à que há nos demais players, no entanto, temos na Biruta um modelo equilibrado, com maior pulverização dos serviços de acordo com as especializações de profissionais terceirizados que integram a rede de fornecedores da produtora”, afirma Fred.

“Sempre fomos uma casa de produção sem amarras e nem preconceitos em relação a tamanho dos clientes ou verbas dos jobs. A produtora sempre trabalhou sem ‘censura de valores’, selecionando o perfil ou o tipo de negócio do cliente”, ressalta Fernanda. “Abraçamos qualquer projeto, produzindo com empenho, talento, profissionalismo e com a mesma atenção e cuidado, independentemente do tamanho de nosso parceiro”, completa.

Nilvia, por sua vez, conta que a Biruta aplica o conceito de inteligência de produção em tudo o que faz, sem reeditar um formato clássico de produtora como os que já existem no mercado. “Nossa inteligência de produção através do triunvirato domina todo processo de cada projeto, para que a entrega seja com qualidade, cumprindo prazos e um processo sereno”, acrescenta. “Para nós, o capital humano sempre foi essencial para o bom andamento da empresa. Por isso as pessoas que aqui trabalham são escolhidas com muito cuidado, fazendo com que o turn over de nossos colaboradores seja muito baixo.”, explica.

A produtora optou por não trabalhar com um casting fixo de diretores de cena, que passam a ser contratados para jobs específicos, de acordo com o perfil de cada um. Até o momento, a rede de diretores parceiros é integrada por Jonas Samajauskas, Renato Rossi, Doug Bello, Fernando Estorino, Rodrigo Tavares e Cris Werler, além do sócio da Biruta, Fred Farah. “Não apenas os diretores são escalados por jobs específicos. Esse sistema se aplica também a diretores de fotografia, casting, produtores e outros profissionais que agregamos aos projetos”, conta Nilvia.

Alguns trabalhos recentes da Biruta envolvem o filme “Pare e pense” para a campanha de prevenção ao HIV criada pela Fields para o Ministério da Saúde; o filme “Completo”, criado pela Gotcha! para divulgar os medicamentos da linha Calcitran; “Biometria”, criado pela agência MullenLowe para o Tribunal Superior Eleitoral; e “Coração”, que integra campanha mundial criada pela NovaSB para seu cliente OMS.

A Produtora atua também com clientes diretos, atendendo demandas sob medida de acordo com necessidades específicas de cada um deles.

Assista aos filmes da produtora:

 

Kátya Elpydio5515 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password