Fazer atividades físicas sem consultar um médico pode trazer complicações sérias, alerta cardiologista

Praticar exercícios físicos, seja na academia, em quadra ou ao ar livre, faz muito bem à saúde. Mas quando não há a devida orientação médica, os riscos de se ter lesões e até potencializar complicações cardíacas são enormes. Somente um médico pode orientar e resguardar a saúde do sedentário, indicando, por exemplo, seus limites físicos.

O médico cardiologista, Antônio Marconi, do Instituto do Coração do Vale do São Francisco (Cardiovasf), alerta que, como em vários lugares, a população de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) tende a desconsiderar uma avaliação clínica. “As pessoas acham que basta se inscrever numa academia e começar a praticar exercícios. Mas para muitos, antes, é preciso ir ao médico fazer avaliação clínica, exames e, a partir dos resultados, entender seus limites, carga de esforço, frequência semanal de treino e, principalmente, os cuidados para se evitar uma sobrecarga excessiva”.

Entre os problemas enumerados pelo cardiologista estão o ataque cardíaco, complicações arteriais, tontura, desmaio e o cansaço excessivo. E também ressalta que as avaliações não são apenas para os iniciantes. “É importante que o sedentário, o frequentador esporádico de academia ou mesmo o atleta profissional façam os exames médicos prévios, porque assim será possível analisar seus históricos esportivos, a saúde geral e o uso de medicamentos e suas possíveis correções”, orienta.

Durante a avaliação clínica, segundo o médico da Cardiovasf, será feita a avaliação cardiovascular, com verificação da pressão arterial, ausculta cardíaca para análise de presença de sopros, eletrocardiograma, mas dependendo do caso, exames laboratoriais, teste ergométrico ou cardiopulmonar e ecocardiograma podem ser solicitados.

Antônio Marconi explica ainda que, quando a pessoa atenta para esses cuidados, consegue melhorar a qualidade de vida e inclusive prevenir doenças. “Quem tem problemas pulmonares, por exemplo, pode melhorar a capacidade respiratória, e aqueles com problemas na glicemia e colesterol terão grandes chances de controlar suas taxas. Isso sem esquecer, claro, da ajuda de um profissional educador físico, fundamental para o bom desempenho e progressão dos exercícios.

Cardiovasf

Além de Marconi, o Instituto Cardiovasf tem uma equipe qualificada que atende pacientes em Petrolina e em Juazeiro. Formado por médicos conceituados como Fernando França, Jeová Cordeiro, Anderson Armstrong, Frank Carvalho, Dinani Armstrong, Dannyl Roosevelt, Pedro Patriota, Samuel Ferro, Tibério Alencar, Fabiana Moreira e Alessandro Dias, o grupo ajudou a dar credibilidade à instituição que há 10 anos é referência na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças cardiovasculares.

No lado baiano, sua unidade está localizada na Rua do Paraíso, nº 230, no Instituto Valler (bairro Santo Antônio). Enquanto na cidade pernambucana, a clínica fica na Rua Pacífico da Luz, nº 850, no centro do município.

Mais informações podem ser obtidas através dos telefones (74) 3611.7282 (87) 3861.2946/ 9 8838.0572 ou pelos e-mails: cardiovasf.juazeiro@cardiovasf.com.br e administrativo@cardiovasf.com.br.

 

Kátya Elpydio5066 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

0 comentários

Deixe um comentário

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password