Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador

  • Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador
  • Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador
  • Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador
  • Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador
  • Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador
  • Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador
  • Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador
  • Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador
  • Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador
  • Legião Urbana por Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá ecoa em Salvador

Legionários de todas as idades lotaram a Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA) neste sábado (29)

Sábado foi dia de rock em Salvador! Como o próprio nome já diz, a Legião Urbana é uma verdadeira massa de fãs de todas as idades e de todas as classes sociais. E foi essa legião que lotou a Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA), na noite deste sábado (29), para cantar, em alto e bom tom, os principais sucessos da banda, que comemora 30 anos, sob o comando de Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá.

Em turnê Brasil afora, a dupla desembarcou em na capital baiana, acompanhados dos músicos André Frateschi, Lucas Vasconcellos, Mauro Berman eRoberto Pollo, para apresentar verdadeiros hinos, imortalizados na voz de Renato Russo. Como base do repertório, os álbuns ‘Dois’ e ‘Que País é Este’, discos icônicos do rock brasileiro.

Entre músicas discursos, característicos da história da Legião UrbanaAndré Frateschi reverenciou Russo e foi aplaudido por milhares de soteropolitanos. “Hoje estamos aqui porque um cara revolucionário soltou a voz. Um cara genial que falou tudo que precisava ser dito naquela época e que precisamos continuar dizendo. Viva Renato Russo” vibrou.

Em meio às letras com forte crítica política, o público aproveitou para ecoar o grito de ‘Ele Não’, campanha contra o deputado federal e candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), que ganhou às ruas neste sábado, em diversas cidades brasileiras, inclusive em Salvador, em atos liderados pelas mulheres.

Um dos momentos de grande destaque do show foi quando Marcelo Bonfá assumiu os vocais e apresentou a canção ‘Eduardo e Mônica’, a maior história de amor cantada da música brasileira. Diante de tantos sucessos, os soteropolitanos mostraram fôlego suficiente para aclamar cada verso de ‘Faroeste Caboclo’, um dos maiores sucessos da banda.

Durante todo repertório, que contou com músicas que atravessam gerações como ‘Tempo Perdido’, ‘Quase Sem Querer’, ‘Índios’, ‘Que País é Este’, ‘Eu sei’ e muitas outras, os legionários soltaram a voz e transformaram o show em uma grande saudação ao grupo que transformou o rock nacional.

Crédito @regis.sillva / @in_canal

 

Kátya Elpydio4984 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

0 comentários

Deixe um comentário

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password