Neila Kadhí lança clipe “Jorgina” pelo projeto Bolsa Estúdio Skol

Música tem letra sobre liberdade e melodia com influências latina e árabe 

Selecionada pelo projeto Bolsa Estúdio Skol, a cantora e compositora Neila Kadhí acaba de lançar o clipe de sua música “Jorgina” através do canal “Nosso Som” A produção do vídeo é resultado do projeto que selecionou 10 bandas da Bahia, dentro de mais de 300 inscritas e formou uma coletânea com novos sons baianos.

Neila diz que “Jorgina” nasceu de maneira especial e espontânea. “Foi como se eu recebesse um chamado, senti a inspiração e em 10 minutos letra e melodia estavam prontas, foi surpreendente porque quase nunca componho dessa maneira. Às vezes uma letra leva meses até chegar num formato que eu fique satisfeita”.

A cantora ainda revela o caráter político da música ao destacar o cenário atual de restrições e censuras e colocar-se como um canal para a voz de liberdade e empoderamento através da arte. “Jorgina fala sobre a escolha de ser feliz, de ser quem realmente somos, sem medo do que o outro pode pensar, fala de amor, de amar quem queremos e da maneira que queremos”.

Com ritmo envolvente, Neila destaca que “Jorgina” tem influência da música latina, do tango argentino, além de elementos da música árabe. Uma deliciosa fusão que é a marca característica da produção musical da artista.

SOBRE NEILA KADHÍ

Soundcloud: https://soundcloud.com/neilakadhi

Site: www.neilakadhi.com

Instagram: @neila_kadhi

Fanpage: @neilakadhi

Neila Kadhí é uma cantora, compositora, instrumentista e produtora musical brasileira, nascida em Salvador-BA, cidade que muito inspira sua música e performance. Sua sonoridade busca uma interpretação moderna de ritmos/gêneros tradicionais brasileiros, como Bossa Nova, Samba, Ijexá, Baião e outros, integrados a sons eletrônicos. Após um ano em Los Angeles-EUA, onde realizou a especialização em “Electronic Music Production”, Neila retornou a Salvador em 2015 e trouxe muitas novidades. Ela passa a somar às suas performances o uso de ferramentas eletrônicas que a auxiliam nesta nova perspectiva sonora. Neila ganhou em 2014 como melhor intérprete vocal do Festival da Educadora, com a música original “Pesca-dor”, este ano ela concorreu novamente no Festival, dessa vez com sua música “Sou Daqui”.

Principais realizações:

– O projeto ‘TecnoBaião’, de 2014 (reeditado em 2016), inova ao trazer a junção de ritmos nordestinos com elementos eletrônicos.

– Em 2009 fundou com outras instrumentistas o grupo de Samba de Roda ‘Chita Fina’, onde atuou como vocalista e compositora e no qual teve relevante destaque na mídia baiana e reconhecimento do público local.

– Em 2016 elabora junto com outras instrumentistas, cantoras e compositoras de Salvador a primeira JAM formada por mulheres, intitulada “SOM DAS

BINHA”, cujo repertório fixo inclui suas composições “Para Todo Um”, “Jorgina” e “De partida”

– Participou, do “Logbook Bahia de Todos os Santos”, concerto audiovisual de Arte Eletrônica, promovido pelo uruguaio Brian Mackern, no ICBA-Goethe- Institut, Salvador-BA.

– 2016 e 2017: Participa do Festival Internacional de Compositoras – Sonora. Este ano, Neila abriu o Festival junto com Larissa Luz e Laila Rosa.

Prêmios

– Finalista no Incubadora Sonora e WR de Portas Abertas (2017)

– Finalista do Skol Bolsa Studio (2016), com a música “Para Todo Um”, de sua autoria.

– Melhor Intérprete Vocal do XII Festival de Música da Rádio Educadora da Bahia (2014), com a canção “Pesca-dor”, de sua autoria.

 

Kátya Elpydio5536 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

0 comentários

Deixe um comentário

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password