UFBA anuncia Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão nos dias 16 a 18 de outubro

“A defesa da universidade pública é o mote do Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão que a Universidade Federal da Bahia realiza nos próximos dias 16 a 18 de outubro”, declarou o reitor João Carlos Salles, em entrevista coletiva, realizada na manhã de hoje (10/10) para apresentação do evento à imprensa.  Com mais de seis mil inscritos, até o momento, o congresso “será um espaço de reflexão ampliada e aprofundada sobre a Universidade, suas heranças, perspectivas e papel social, favorecendo o estabelecimento de políticas mais bem definidas para as diversas dimensões da UFBA, enquanto instituição pública, gratuita, de qualidade e marcada por forte compromisso com a sociedade”, assegurou Salles.

Na programação do evento – que pode ser consultada em www.congresso2017.ufba.br –  haverá apresentações de trabalhos de estudantes bolsistas dos programas de Iniciação Científica (PIBIC), Iniciação à Docência (PIBID) e Educação Tutorial (PET), além de uma extensa programação artística e cultural com performances, oficinas e exposições espalhadas por todas as unidades da UFBA além do Fórum de Artes e Tradições Populares (FORPOP), que busca a interação de mestres populares da cultura com a universidade, e vão mobilizar unidades da UFBA no campus de Ondina, na Reitoria e na Biblioteca Universitária de Saúde (BUS), contou o assessor especial da reitoria, professor Paulo Lima.

Além disso, o Congresso UFBA 2017 será o momento de debater com a comunidade universitária, o seu Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI 2017-2022), que já está disponível para consulta.  “É a oportunidade de retomar o debate sobre este importante instrumento de gestão universitária, cujo delineamento foi iniciado no congresso do ano passado, para então, aprova-lo no final deste ano”, pontuou o reitor.    

Defesa da Universidade e preparação para o FSM 2018

Salles destacou que dois aspectos importantes marcarão o congresso deste ano. O primeiro é a celebração e defesa da universidade pública com a presença de reitores de várias universidades federais de todo o país, que farão a reunião plenária mensal da Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES) e um ato em defesa da universidade pública, gratuita, inclusiva e de qualidade.  Segundo ele, a atual situação do país impõe ameaças ao funcionamento das universidades, tanto no aspecto de financiamento com o contingenciamento de verbas para capital e custeio como também em relação à restrição da autonomia, o que seria um imenso retrocesso.

Entre as atividades haverá pronunciamentos e manifestações artísticas e a instalação, na frente da reitoria, de um tesourômetro – que é um painel para registrar as restrições orçamentárias que a ciência e tecnologia vem sofrendo.  A inauguração do equipamento contará com a presença do presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Ildeu de Castro Moreira.

O outro destaque do Congresso será a realização de oito mesas de debates como atividade preparatória para o Fórum Social Mundial (FSM 2018), que ocorrerá em Salvador, nos campi da UFBA, de 13 a 17 de março de 2018.    De acordo com o assessor Paulo Lima, “há uma concepção de entrelaçamento entre pesquisa, produção artística,  conhecimento e saberes tradicionais, nesse congresso”.

O reitor finalizou a apresentação enfatizando que “a UFBA se realiza em diálogo com a sociedade baiana” com o convite para todos participarem, realizando a inscrição gratuita em www.congresso2017.ufba.br .

Números do Congresso:

  • 93 mesas de debates;
  • 2.374 trabalhos a serem apresentados pelos estudantes;
  • Total de trabalhos a serem apresentados: 2.700
  • 6.340 participantes inscritos;
  • 60 intervenções artísticas;
  • O congresso acontecerá em 12 unidades da UFBA em Ondina, mais a reitoria e a Biblioteca de Saúde, no campus do Canela;
  • O congresso contará com 15 convidados de outros estados e países, que participarão de diversas mesas, além dos reitores de 67 universidades federais que fazem parte da ANDIFES
  • 50 Atividades UFBA Mostra sua Cara!
  • Tipos de apresentação: mesas, apresentação oral, pôsteres, exposições, oficinas e intervenções artísticas.
 

Kátya Elpydio5060 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

0 comentários

Deixe um comentário

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password