Delicadas ou extravagantes tatuagens conquistam cada vez mais mulheres

  • Delicadas ou extravagantes tatuagens conquistam cada vez mais mulheres
  • Delicadas ou extravagantes tatuagens conquistam cada vez mais mulheres
  • Delicadas ou extravagantes tatuagens conquistam cada vez mais mulheres
  • Delicadas ou extravagantes tatuagens conquistam cada vez mais mulheres

Pequenas, com traços delicados ou extravagantes e cheia de cores, as tatuagens caíram definitivamente no gosto das mulheres, que já representam cerca de 60% dos tatuados no Brasil, segundo dados do 1º Censo de Tatuados do Brasil*, realizado pela Revista Superinteressante. Considerado um acessório de moda, os desenhos para elas seguem tendências e embora a preferência continue sendo por desenhos menores e em locais discretos, muitas já optam por desenho maiores, muito coloridos e cheios de personalidade.

É o caso de Jô Tellez, 51 anos. A administradora, que hoje carrega mais de 20 tatuagens pelo corpo, fez seu primeiro desenho aos 36 anos. Na época, por medo de represaria dos pais, optou por tatuar um pequeno símbolo, na nuca. Há oito anos, os pequenos desenhos e frases ganharam a companhia de uma tatuagem cheia de cor e tamanho, que ocupa boa parte do braço. A tatuagem maior foi, segundo Jô, a realização de um grande sonho e representou um passo mais ousado, para quem já tinha tantas tatuagens pequenas. “Penso que foi uma quebra de padrões, tendo em vista que a tatuagem ainda é vista por muitos de forma preconceituosa”, diz.

De acordo com o tatuador Dudu Petersen, embora muitas mulheres, assim como Jô, já optem por exibir tatuagens maiores a grande maioria continua fazendo tatuagens menores. “A mulheres fazem tatuagens menores, porém em maior quantidade que os homens. Enquanto os homens fazem uma tatuagem gigante, as mulheres costumam ter várias tatuagens menores espalhadas pelo corpo e cada uma com um significado”, explica o tatuador.

Ele conta que na hora de escolher a tatuagem as mulheres dão prioridade a símbolos e frases que remetam à família ou a algo que marcaram suas vidas. Destaque também para os desenhos de animais e flores.

*Há três anos, a revista Superinteressante divulgou o primeiro e único censo sobre tatuagens que se tem notícias no país. A pesquisa feita pela publicação contou com a participação de 80 mil entrevistados, destes 59,9% eram mulheres. A pesquisa revelou ainda que 48,2% das pessoas tatuadas possuem entre 19 e 25 anos, 61,2% são formados ou possuem ensino superior e 43,5% não possuem religião.

 

Kátya Elpydio5066 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

0 comentários

Deixe um comentário

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password