Aluno da Escola de Dança da Funceb é aprovado em seleção do Bolshoi

O jovem bailarino Adrian de Jesus Barreto, de 10 anos, foi selecionado entre 2.500 inscritos de todo o país

O jovem baiano Adrian de Jesus Barreto, aluno do Curso Preparatório – Nível 3 da Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) é um dos selecionados para integrar a Escola de Ballet do Teatro Bolshoi no Brasil, turma 2017. Adrian tem 10 anos de idade e é um dos 48 aprovados que receberão bolsa de estudos e benefícios.

O Bolshoi, fundado em 1776, mantém uma das principais companhias de balé e ópera do mundo, considerada patrimônio cultural da humanidade pela ONU e UNESCO.

Mais de 2.500 crianças e jovens se inscreveram nas pré-seleções, uma das etapas do processo seletivo, chegando a um índice de 52 candidatos por vaga. O processo seletivo foi considerado pela Bolshoi um verdadeiro vestibular da dança e uma das maiores seleção desse gênero no país.

O jovem Adrian deve efetivar sua matrícula ainda este mês de novembro para, finalmente, integrar a equipe. Despesas como moradia, alimentação e matrícula no curso de ensino regular são de responsabilidade dos bailarinos, assim como todas as despesas pessoais que envolvam a rotina de cada aluno.

A família ainda não tem os recursos, mas pessoas da sociedade estão se articulando para que o jovem não perca a oportunidade de formação.

Cursos Preparatórios – Os Cursos Preparatórios da Escola de Dança da Funceb, no qual Adrian é aluno, são formados por turmas de diferentes níveis, chegando ao nível pré-profissional, sendo compostos por um total de 11 níveis anuais, acompanhando a evolução e o crescimento de seus alunos. Desta forma, inicia jovens na formação em dança e dá uma sólida opção educacional, artística e cultural para eles. Realizados no turno vespertino, podem ser considerados como período complementar à escola formal, consolidando uma educação integral.

Este grupo de cursos deu origem, em 2010, à primeira companhia constituída por crianças e adolescentes da Escola de Dança: a já premiada Companhia Infanto-Juvenil de Dança da Funceb, coreografada por Denny Neves e integrada por jovens de 13 a 17 anos. Entre diversas experiências dentro e fora da Bahia, estes meninos e meninas mostraram a sua dança ao Brasil na 27ª edição do Criança Esperança, projeto da Rede Globo em parceria com a UNESCO, em 2012.

A Escola de Dança da Funceb abre inscrições para os Cursos Preparatórios no período de 13 a 17 de fevereiro de 2017.

Educar Para Transformar – A Escola de Dança da Funceb faz parte do Centro de Formação em Artes (CFA), da Fundação Cultural do estado da Bahia (Funceb), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA). Fundada em 1984, a instituição constituiu-se como a primeira escola pública do gênero no país. A instituição atende uma média anual de 1.500 alunos, entre crianças, jovens e adultos, em especial afrodescendentes, oriundos de escolas públicas e moradores de bairros populares. Atua na iniciação, formação técnica e qualificação em dança, com os benefícios da prática artístico-cultural, apresenta à sociedade novos profissionais anualmente e aperfeiçoa o trabalho de artistas que já representam a produção contemporânea da dança baiana.

Além do alinhamento às políticas dos ministérios da Cultura e da Educação a Escola de Dança da FUNCEB é também conveniada à Secretaria de Educação do Estado da Bahia e segue o programa do governo do estado, “Educar Para transformar”. Esta relação abre possibilidades de ação e qualifica o trabalho da Escola, além de fortalecer o reconhecimento da educação através das artes na Bahia.

Outro comprometimento é com a Lei 10.639/2003, que torna obrigatório o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira em todas as escolas brasileiras. Para tanto, a Escola de Dança da FUNCEB garante a inclusão de disciplinas como Dança Afro, Danças Populares e Capoeira nos currículos de seus cursos e realiza eventos de valorização de conteúdos relacionados às matrizes culturais.

A partir de parcerias com grupos e projetos artísticos, mostras e circulação de produtos, alunos e ex-alunos da instituição vêm conquistando reconhecimento no país, inclusive com premiações em festivais e editais de apoio à cultura. Seus cursos regulares são: Curso de Educação Profissional Técnico de Nível Médio em Dança, Curso de Formação Continuada em Dança – Qualificação Profissional, Cursos Preparatórios, Cursos Livres. Entre os professores que já ensinaram na Escola estão: Mestre King, Augusto Omolu (1962-2013), Paco Gomes, Beth Rangel, Nirlyn Seijas.

 

Kátya Elpydio5351 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

0 comentários

Deixe um comentário

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password