Estudando para o vestibular? Aprenda como estudar para passar!

Coach vocacional comenta os piores erros dos estudantes e separa várias dicas para conseguir a tão sonhada aprovação

Todos os anos, milhares de adolescentes brasileiros realizam diversos exames de avaliação para tentarem sua aprovação nas universidades, incluindo, o mais temido de todos, o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM. No entanto, há muito mais por trás dessas provas do que se imagina. Além do cansaço físico por conta da quantidade de conteúdo a ser estudado, o que pode atrapalhar ainda mais o desempenho desses jovens é a insegurança de fazer a escolha certa. A pressão de escolher, tão jovens, a carreira que seguirão para o resto da vida pode comprometer o sucesso na escolha profissional. Além disso, esses estudantes são influenciados pela família, sociedade, amigos e também pela necessidade do mercado de trabalho.

A administradora, máster coach vocacional e de transição de carreiras, Cecília de Lara, afirma que a falta de planejamento dos estudantes é o que mais pode comprometer seu rendimento “Há muito o que ser estudado para as provas e quando não há uma boa gestão dessas matérias com o tempo disponível, reduz a capacidade de concentração do estudante e faz com que este acabe perdendo o foco”, comenta a coach.

Segundo Cecília, para aqueles que estão indecisos em sua escolha profissional, é importante entrar em contato com o seu próprio “eu” e buscar ajuda de um profissional de coaching, ou psicólogo, que irá trabalhar o autoconhecimento e aumentará as chances de fazer a escolha certa para a satisfação profissional “A direção é mais importante do que a velocidade”, pontua a coach.

“Nos meus atendimentos, sempre ajudo a montar um planejamento de estudo de acordo com a disponibilidade de cada estudante. Sendo assim, é possível criar um hábito de estudo e se manter motivado”, explica.

A especialista também dá outras dicas para ajudar na escolha profissional muito eficazes para os estudantes vestibulandos:

1. Faça uma lista de todos os cursos do seu interesse;

2. Entreviste pelo menos três profissionais de cada área para entender a realidade e a rotina de cada profissão;

3. Escreva todos os prós e contras de cada atividade;

4. A atividade que tiver maior quantidade de benefícios, terá uma possibilidade maior de ser a área escolhida;

Ainda de acordo com a coach, testes vocacionais podem auxiliar na escolha profissional, mas é preciso ter um bom nível de autoconhecimento para que eles não “rotulem” a decisão.

O coach vocacional realiza um trabalho mais personalizado de autoconhecimento. Identifica a personalidade do estudante e trabalha em cima de seus pontos fortes aumentando o seu potencial. De acordo com Cecília, o diferencial do trabalho individual é conseguir direcionar bem o aluno nas suas escolhas através dos seus próprios talentos e garantir a satisfação profissional. “Quando uma pessoa consegue trabalhar colocando os seus talentos em prática, se torna uma pessoa plenamente realizada e se desenvolve cada vez mais”, comenta Cecília.

Os estudantes ainda não têm maturidade suficiente para tomarem sozinhos uma decisão que vai refletir ao longo de suas vidas. Hoje em dia, é muito comum encontrarmos pessoas que têm graduações incompletas ou que trabalham em áreas diferentes da sua formação “Não é à toa que desistem pelo caminho e acabam aprendendo na prática o que realmente querem para suas vidas. O processo de coaching vocacional possibilita o estudante fazer uma escolha mais assertiva através do autoconhecimento e poupa tempo e dinheiro”, finaliza a especialista.

Serviço: Cecília de Lara | Coach Vocacional e de Transição de Carreiras

 

Kátya Elpydio5060 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

0 comentários

Deixe um comentário

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password