Artistas começam a transformar as ruas do Comércio em galeria de arte

Em pleno aniversário de Salvador, quem passar pelas ruas da Avenida da França, na região do Comércio, na Cidade Baixa, já vai começar a sentir a diferença no visual. Isso porque um grupo de artistas que fazem parte do Movimento Urbano de Arte Livre, M.U.R.A.L, já começaram as suas intervenções, que vão resultar em obras de grandes dimensões (painéis entre 10 e 15 metros). Vale lembrar que o Movimento Urbano de Arte Livre, M.U.R.A.L, é um projeto contemplado pelo edital Arte em Toda a Parte – Ano III, da Fundação Gregório de Matos e da Prefeitura de Salvador. O projeto traz temas que transitam por aspectos diversos da cultura baiana, como arte, religião, sociedade, geografia e história. O primeiro grupo de artistas já está trabalhando na região. Davi Caramelo, Fael Primeiro, Rebeca Silva e Fábio Rocha, o Limpo, já estão com a mão na massa. O comunicólogo e artista visual Davi Caramelo,  bebendo na fonte da tradição ioruba, vai apresentar a singeleza nas formas e figuras que caracterizam a sua poética contemporânea, propondo uma síntese da grande mãe d`água, IemanjáRebeca Silva vai apresentar formas humanas que se confundem com formas vegetais, compondo um universo delicado e mágico que, no diálogo com o espaço urbano, ganhará novos contornos, nuances e soluções criativas. Outras problemáticas humanas e sociais, também serão abordadas pelo grafiteiro Fábio Rocha, o LimpoO artista, que veio da Suécia só para participar do projeto e homenagear Salvador em seu aniversário, vai levar para o Comércio a figura emblemática da sua obra: uma menina de rua que mesmo aos trapos, suja, expressa delicadeza e ternura desconcertantes. Já Fael Primeiro, numa obra batizada de “Estiva a Dor”, vai retratar os estivadores de antigamente, em uma época que o trabalho era muito braçal e árduo. “O homem negro soteropolitano foi muito explorado nessa profissão e a ideia é homenagear esses homens que carregaram e edificaram a cidade de Salvador nas costas”, conta o artista. Todo o processo de criação dos murais deve durar cerca de um mês e vai envolver ainda os artistas Eder Muniz, Devarnier Hembadoom, Nila Carneiro e Pedro Marighella, que em seguida vão iniciar as suas intervenções individuais e os painéis coletivos.

image (1) image (2) image

SERVIÇO

Movimento Urbano de Arte Livre – M.U.R.A.L

Mostra de 10 murais na região da Cidade Baixa, Salvador

Artistas: Limpo, Eder Muniz, Fael Primeiro, Davi Caramelo, Rebeca Silva, Devarnier Hembadoom, Nila Carneiro e Pedro Mariguella.

Quando: a partir de 29 de março

Quanto: gratuito

Apoio: Fundação Gregório de Matos, através do Edital Arte em Toda a Parte – Ano III e Prefeitura de Salvador

Curadoria: Vanessa Vieira (produtora e Diretora da Trevo Produções) e Luciana Accioly (Mestre em Artes Visuais e jornalista)

Realização: Trevo Produções

 

Kátya Elpydio5721 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

0 comentários

Deixe um comentário

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password