Seminário reunirá povos indígenas da Bacia do São Francisco

Cacique Yssô debate com os índios Tabajaras

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) realizará, de 31 de março a 2 de abril, na cidade de Paulo Afonso (BA), o IV Seminário dos Povos Indígenas da Bacia do Rio São Francisco. Além de destacar a marcante presença indígena na bacia do Velho Chico, a iniciativa do Comitê busca discutir políticas públicas voltadas para os índios, como projetos de saneamento e recursos hídricos em territórios indígenas, além da questão fundiária, que tanto interessa a essas comunidades. A expectativa é de que o evento reúna, pelo menos, 150 representantes de povos de diversas tribos indígenas.

O antropólogo e pós-doutor em Ecologia Humana (UNL-Portugal), Juracy Marques, é um dos convidados do seminário e abordará os conflitos da atualidade. Marques é professor titular da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), onde coordena o Mestrado de Ecologia Humana e Gestão Socioambiental – PPGECOH, e realiza estudos sobre os povos indígenas do São Francisco afetados por barragens. Outro pesquisador convidado pelo evento será José Augusto Laranjeiras, também professor da Uneb e especialista na organização social e política dos povos indígenas no Nordeste Brasileiro.

O IV Seminário dos Povos Indígenas da Bacia do Rio São Francisco contará com a presença de representantes de órgãos públicos, como a Fundação Nacional do Índio (Funai), o Ministério do Desenvolvimento Agrário, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), a Secretaria Nacional de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), além de organizações sociais como a Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do NE, MG e ES (Apoinme).

 “O seminário é importante para a promoção de um ambiente de diálogo entre os diferentes povos indígenas da bacia do São Francisco. Será oportunidade para discutir e socializar a gestão ambiental e a promoção de ações conjuntas com o governo federal e o Comitê”, explica o coordenador do CBHSF, responsável pela Câmara Consultiva Regional do Submédio São Francisco, Uilton Tuxá, cacique do povo Tuxá de Rodelas, na Bahia.

O IV Seminário dos Povos Indígenas da Bacia do Rio São Francisco acontece no Hotel Belvedere, na Avenida Apollônio Sales, 457 – Centro, Paulo Afonso – BA.

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) é um órgão colegiado, integrado pelo poder público, sociedade civil e empresas usuárias de água, que tem por finalidade realizar a gestão descentralizada e participativa dos recursos hídricos da bacia, na perspectiva de proteger os seus mananciais e contribuir para o seu desenvolvimento sustentável. A diversidade de representações e interesses torna o CBHSF uma das mais importantes experiências de gestão colegiada envolvendo Estado e sociedade no Brasil.

 

Kátya Elpydio5645 Posts

Criei o Borimbora com o objetivo fundamental de fazer com que você esteja sempre à frente do seu tempo no que diz respeito à comunicação na sua totalidade. Nenhum de nós é TÃO BOM quanto todos nós JUNTOS!

0 comentários

Deixe um comentário

Login

Bem vinda! Entre na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password